Joesley Batista diz que JBS pagou R$ 70 milhões a Aécio; veja a conversa entre os dois

De acordo com denúncia da Procuradoria-Geral da República, a JBS pagou R$ 70 milhões em propinas ao senador Aécio Neves (PSDB-MG) e ainda comprou o apoio de partidos para ajudar na campanha do tucano nas eleições de 2014. Andrea Neves, irmã de Aécio, intermediou o pedido de propina, enquanto Frederico Medeiros, primo, atuou como emissário. Andrea e Frederico já estão presos. Confira no vídeo o conteúdo das gravações das conversas entre Aécio Neves e Joesley Batista.

Avaliar Postagem
Compartilhe!